Diabetes: As consequências de uma doença silenciosa


Novembro Azul não foi só o mês dedicado à conscientização e prevenção do câncer de próstata, foi também o mês da campanha mundial em prol da conscientização sobre o Diabetes. Dia 14 de novembro, instituído pela Federação Internacional de Diabetes (IDF) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), é celebrado o Dia Mundial do Diabetes. Atualmente, mais de 13 milhões de pessoas vivem com diabetes no Brasil. Essa doença crônica é uma doença na qual o corpo não produz insulina ou não consegue empregar adequadamente a insulina que produz, hormônio responsável pela promoção do aproveitamento da glicose como energia para o nosso corpo. Existe mais de um tipo de diabetes e diversas condições que podem levar ao diabetes, como:

  • Obesidade, inclusive a obesidade infantil;

  • Hereditariedade;

  • Hipertensão;

  • Níveis altos de colesterol e triglicérides;

  • Medicamentos, como os à base de cortisona;

Entretanto, a grande maioria dos casos dessa doença crônica está dividida em dois grupos: Diabetes Tipo 1 e Diabetes Tipo 2. Infelizmente ainda não há cura para o diabetes, mas há tratamento adequado; uma alimentação balanceada e atividades físicas podem controlar os níveis de açúcar no seu sangue. Será que estou diabético? Existem alguns sinais que podem indicar que você precisa procurar um médico:

  • Sede excessiva pode ser um indicativo de diabetes;

  • Urinar demasiadamente;

  • Muita fome (provavelmente causada pela desidratação e perda de glicose pela urina);

  • Tontura e cansaço;

  • Perda de peso;

  • Infecções nas regiões genitais;

  • Grupo de riscos (idade, obesidade, etc.).

O diagnóstico precoce do diabetes é importante não só para prevenção das complicações desta doença, como também para a prevenção de complicações crônicas, como distúrbios da microvasculatura, complicações macrovasculares e úlceras do pé. Como é feito o Diagnóstico Laboratorial? São considerados positivos exames em que: 1) A glicemia de jejum > 126 mg/dl (jejum de 8 horas) 2) A glicemia casual (colhida em qualquer horário do dia, independente da última refeição realizada) > 200 mg/dl em paciente com sintomas característicos de diabetes 3) Glicemia > 200 mg/dl 2 horas após ingestão de 75 gramas de glicose. Caso seu resultado seja: 1) A glicemia de jejum > 110mg/dl e < 126 mg/dl. 2) A glicemia 2 horas após ingestão de 75 gr de glicose oral entre 140 mg/dl e 200 mg/dl

Procure acompanhamento médico para um tratamento preventivo, pois há grandes chances de tornar-se diabético.

SIGA

CONTATO

Tels.: (18) 3226-0911

(18) 3226-0912

(18) 3226-0913

Presidente Prudente  - São Paulo

  • LINKEDIN UNILAB
  • LAB UNILAB
  • INSTAGRAM UNLAB

© 2017 criado por CDC Marketing